Minhas Redes Sociais
Facebook
Twitter
Orkut
RSS
 
> Principal > Notícias



Nov
17
2017
Destaque

A liberação de cerca de R$ 7 bilhões em gastos do orçamento dos ministérios e órgãos públicos deve ser anunciada antes do prazo previsto pelo governo federal. De acordo com o G1, o anúncio, que deveria ser feito pelo Ministério do Planejamento até a próxima quarta-feira (22), será antecipado para esta sexta (17). Apesar da liberação, as despesas do governo vão permanecer abaixo daquelas aprovadas pelo Congresso Nacional para o ano de 2017. Antes dessa autorização, permaneciam bloqueados mais de R$ 32 bilhões em gastos. Se forem descontingenciados mais R$ 7 bilhões, ainda permanecerão bloqueados, em relação ao valor aprovado pelo Congresso, cerca de R$ 25 bilhões.

G-1 
Nov
17
2017
Lava Jato

A defesa do ex-diretor da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz, informou nesta quinta-feira (16) ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que depositou a fiança de R$ 46.850 estipulada na decisão que o colocou em prisão domiciliar. Aliado do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), Ferraz tinha sido preso por suspeita de ajudar o peemedebista a esconder R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador. A Polícia Federal encontrou digitas do ex-dirigente da Codesal em algumas cédulas do montante milionário, o maior já apreendido pela PF.

Bahia Notícias 
Nov
17
2017
Política

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Aldo Rebelo, podem se enfrentar nas prévias do PSB para o partido decidir qual será seu candidato na eleição para presidente em 2018. De acordo com informações da jornalista Mônica Bergamo, Barbosa foi procurado por dirigentes para se filiar à legenda. No entanto, ele afirmou que só vai tomar uma decisão acerca do convite em janeiro. Recém-filiado ao PSB, Rebelo já admite internamente disputar prévias contra o ex-magistrado.

Agência Brasil 
Nov
17
2017
Lava Jato

O Ministério Público Federal (MPF) vai pedir à Polícia Federal (PF) abertura de inquérito para investigar o vazamento do pedido do bloqueio de R$ 24 milhões em bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho caçula, Luís Cláudio. A informação foi publicada pela imprensa nesta quinta-feira (16). Segundo o MPF, a solicitação foi protocolada no dia 27 de outubro na 10ª Vara da Justiça Federal do DF e ainda não teve decisão judicial. Em nota, o órgão ministerial afirmou repudiar “a utilização para fins midiáticos do nome do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva”. “Cabe ao Poder Judiciário, em uma democracia, zelar pela reserva das manifestações processuais sigilosas ainda não apreciadas”, disse o MPF. 

 Agência Brasil
Nov
17
2017
Saúde Pública

O diagnóstico do câncer de mama e de próstata, alguns dos tipos mais recorrentes da doença e que mais matam em todo o Brasil, poderá ficar mais acessível na Bahia com a disponibilização de exames de imagem e biopsia gratuitos nas policlínicas regionais que serão inauguradas nas cidades de Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê e Jequié. As unidades de saúde disponibilizarão exames de imagem como de ressonância magnética, tomografia, mamografia e ultrassonografia. Além disso, profissionais de 11 especialidades estarão atendendo inicialmente nas unidades, entre elas angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia e outras. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab) há previsão de ampliação da oferta de especialidades no futuro. Procedimentos cirúrgicos também serão realizados, desde a vasectomia, a cauterização e outras pequenas cirurgias. As quatro policlínicas são resultado de um investimento de R$ 100 milhões do governo do Estado . Para facilitar o acesso, serão disponibilizados micro-ônibus que transportarão os moradores das regiões até as policlínicas.

Bahaia Notícias

 
Nov
17
2017
Delações

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou nesta quinta-feira (16) que é necessário corrigir abusos nos acordos de delação premiada formalizados pelo Ministério Público Federal (MPF). Mendes fez a afirmação após a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, que devolveu à Procuradoria-Geral da República (PGR) acordo de colaboração do publicitário Renato Pereira, responsável por campanhas eleitorais do PMDB do Rio de Janeiro, entre elas as do ex-governador Sérgio Cabral e do atual governador, Luiz Fernando Pezão. De acordo com Gilmar Mendes, o STF discute há muito tempo o aperfeiçoamento das delações, no entanto, eventuais erros não podem contaminar o mecanismo de investigação. “É importante que eventuais erros que ocorram não contaminem o próprio instituto, porque daqui a pouco nós passamos a cogitar da sua própria extinção por conta dos abusos. É preciso corrigir os abusos", disse.

SBC 
Nov
16
2017
Gasolina e Diesel

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com queda de 3,80% no preço da gasolina nas refinarias e recuo de 1,30% no preço do diesel. Os novos valores valem a partir da sexta-feira (17). A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.


Estadão Conteúdo 
Nov
16
2017
Destaque
Façamos uma escolha. Tomemos uma decisão firme e corajosa pela fé e pela família.

Terminando, faço um apelo a todos católicos, evangélicos e de outras religiões [...] vamos nos unir contra esse espírito diabólico que a Rede Globo está espalhando contra a família e contra a religião.

Cuidado com as novelas. Nós católicos não deveríamos assistir mais uma novela da Globo [ ...] aliás não deveríamos assistir a Rede Globo.

A Globo é um dermónio dentro das nossas casas.

Cuidado com as aparências porque a palavra de Deus diz que o Diabo tem poder de se transformar num anjo de luz para enganar os eleitos.

É uma rede manipuladora de opinião, afirmou Dom Celso Antônio Marchiori.

Diário do Brasil
Nov
16
2017
Corrupção

O marqueteiro Renato Pereira detonou o PMDB fluminense. Não sobrou um só dos seus clientes que ele tenha poupado para se salvar da cadeia. Entregou também os amigos de quem foi sócio nas campanhas de Cabral, Pezão e Eduardo Paes. Desses políticos, Pereira não só recebeu milhões de reais durante as eleições como prestou serviço ao governo em conluio com as agências de propaganda. Ou seja: Renato Pereira foi um dos artífices de toda bandidagem que se instalou no Rio para roubar o dinheiro da população. Flagrado, fez acordo de delação, mas o ministro do STF, Ricardo Lewandowski, desfez o acerto entre ele e o Ministério Público. Agora o marqueteiro corre o risco de passar um bocado de tempo no xadrez se for condenado.

Com as últimas noticias que envolvem o presidente da Assembleia Legislativa Jorge Picciani (PMDB) e seus filhos em lavagem de dinheiro, conclui-se que durante vinte anos, o Rio foi administrado por uma quadrilha formada pelos conselheiros do Tribunal de Contas, pela Alerj, políticos, governos estaduais e municipais. E mais uma vez o PMDB é o protagonista dessas ações nefastas contra a população. Diante desses escândalos, sabe-se agora porque muitos desses políticos eram eleitos e reeleitos nas eleições. O dinheiro jorrava fácil, pois quase todos trabalhavam contra a população fazendo acordos espúrios com donos de ônibus para não aumentar as tarifas e com todo tipo de meliante que tinha interesse em se aliar aos bandidos chefiados por Cabral e sua gang.

Pereira, durante muito tempo, não foi apenas marqueteiro dessa gente. Ele se juntou à quadrilha para arrombar os cofres públicos. Confessou que mantinha contratos pessoais com o governo e tinha participação nos acordos que fazia com as agências de publicidade. As cifras saltam aos olhos: mais de 300 milhões de reais chegaram aos seus bolsos e dos seus comparsas na roubalheira desenfreada do dinheiro público.

Ao se sentir acuado foi o primeiro a acenar com a delação premiada. Como Ministério Público tinha interesse em emparedar o PMDB decidiu, a exemplo dos irmãos Batista, atenuar a pena de Pereira. Foi sugerido a ele uma pena de quatro anos com total regalia. Por apenas um ano, Pereira teria que ir ao presídio à noite para dormir. Os outros três anos, ele ficaria em casa e na rua com autorização para fazer viagens nacionais e internacionais. Ora, para quem se beneficiou com os milhões de reais roubados, a pena era mais um prêmio do que um castigo.

Lewandowski viu nesse acordo do Ministério Público um crime de lesa pátria, por isso não o homologou. Quer saber mais detalhes, quer mais informações e quer, sobretudo, saber por que tanta brandura com quem foi um dos principais autores da maior organização criminosa do Rio. Pela delação de Pereira, não há mais duvidas quanto à sua participação ativa dentro da quadrilha. Todo dinheiro do marketing de campanha e da publicidade do governo e do município passava por suas mãos e ia para as dos outros comparsas da publicidade que topavam esse tipo de acordo espúrio contra as finanças do estado.

O ministro do STF agiu certo quando devolveu os papéis da delação premiada de Renato Pereira. Atende, com isso, ao clamor dos indignados que não aceitam mais esse tipo de conchavo, onde o delinquente é recompensado pelo crime que cometeu apenas por dizer quem são os larápios com quem estava se acumpliciando com os seus atos. Essa benevolência do Ministério Público com alguns delatores está chamando a atenção do STF desde o acordo feito com os irmãos Batista que tiveram seus crimes imputados por Rodrigo Janot. O tribunal desfez a negociata e eles agora estão presos para responder por todos os crimes financeiros que cometeram contra os órgãos públicos.

Renato Pereira já estava comemorando a pena branda oferecida pelo Ministério Público por sua delação, pois até viajar para o exterior lhe era permitido. No momento vive a incerteza do que pode acontecer com a sua vida ao se submeter a novos interrogatórios que vão revelar, de verdade, o tamanho do seu crime e da sua participação com a quadrilha dos políticos cariocas.   

Jorge Oliveira - Jornalista - Diário do Poder 


 
Nov
16
2017
Operação Malebolge

Policiais federais encontraram entorpecentes, joias e até uma arma na casa de deputados estaduais de Mato Grosso, alvo da Operação Malebolge, deflagrada em 14 de setembro. A ação foi embasada na delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), segundo o qual receberam propina os deputados Wagner Ramos (PSD), Silvano Amaral (PMDB), Baiano Filho (PSDB), Romoaldo Júnior (PMDB), José Domingos Fraga (PSD), Oscar Bezerra (PSB) e Gilmar Fabris (PSD). De acordo com o colunista Fausto Macedo, do Estadão, na residência de Itamara Cenci, ex-mulher do deputado Fraga, foram encontradas cápsulas de ecstasy "em formato de sorvete" e um envelope com 14,5 gramas de pó branco, que a perícia vai determinar qual o conteúdo. As drogas estavam em um cofre. Brincos, pulseiras e anéis também foram encontrados na residência ligada ao parlamentar, que aparece em um vídeo recebendo dinheiro no gabinete de Silval. Já no endereço de Airton Rondina (PSD), flagrado cometendo o mesmo ilícito, tinha em casa uma garrucha de cano simples e 50 cartuchos de munição. Maria Aparecida Gonçalves, com quem o deputado Romoaldo Júnior tem uma filha, foi conduzida coercitivamente e alvo de buscas e apreensões. Na casa dela foi encontrada uma declaração de seu imposto de renda de 2015/16 com doação do parlamentar no valor de R$ 300 mil. 

Divulgação 
Nov
16
2017
Política

A bancada de oposição ao prefeito Zé Filho (PSD) na Câmara de Vereadores de Riachão de Jacuípe ingressou com uma representação contra ele no Ministério Público da Bahia (MP-BA) por supostamente ter utilizado o número da placa do carro oficial de seu gabinete em benefício próprio. O caso é que o veículo possui a placa PKO-5555, o que, de acordo com os opositores, é uma alusão ao número do partido de Zé Filho, o 55. Um documento emitido pelo Detran apresentado pela oposição na representação mostra que, ao invés do sorteio econômico, a combinação foi comprada por mais de R$ 1 mil. O fato mostra, segundo os vereadores, que o objetivo é “promover o Representado [prefeito], numa afronta ao princípio da impessoalidade”. “O presente ato trazido aos autos é objetivo, com clara mensagem de promoção política do representado, com a indicação do número 55 (número do PSD, partido do representado) por duas vezes, os quais se utilizam de recursos públicos para tal. Assim, dúvida não resta que a placa do referido veículo é claramente objeto de promoção pessoal realizada sobre o bem público, pertencente à municipalidade, em clara afronta aos princípios da administração pública elencados na Constituição Federal/88”, sustenta a peça, assinada pelos vereadores Lucas Willian (PSB), Robinho (PP), Toninho da CTI (PSC), Beto de Eny (PHS), Nem de Aureliano (PDT) e Catarina do Hospital (PDT). O carro, uma Hilux, foi adquirido este ano, pelo valor de R$ 245 mil. O MP aguarda, agora, manifestação da prefeitura da cidade sobre as acusações feitas na representação. O Bahia Notícias tentou contato diversas vezes com o prefeito Zé Filho para comentar a denúncia, mas não obteve sucesso.

Bahia Notícias 
Nov
16
2017
Lei Maria da Penha

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga, foi denunciado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no Supremo Tribunal Federal (STF), acusado de agredir a esposa em junho deste ano. A denúncia foi apresentada por Raquel Dodge nesta terça-feira (14). A esposa do ministro, Élida Souza Matos procurou a 1ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal no dia 23 de junho com um olho roxo para registrar um boletim de ocorrência pela agressão. Ela passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) na época. Em outro depoimento no mesmo dia, Élida se retratou e negou as acusações de violência doméstica, mas o inquérito continuou. De acordo com o site Congresso em Foco, Admar Gonzaga atribuiu a briga a uma crise de ciúmes de Élida, afirmando ainda que ela escorregou no enxaguante bucal que caiu no chão do banheiro e bateu o rosto na banheira. Ele anexou à sua defesa no caso fotos de arranhões supostamente provocados por Élida e admitiu que a empurrou, mas afirmou que o fez para se defender da esposa.

Congresso em Foco 
Nov
16
2017
Destaque

Uma organização que defende os direitos humanos solicitou ao governo da China que acabe com a "terapia de conversão". A prática busca "curar" indivíduos homossexuais, transexuais, bissexuais e torná-los heterossexuais. De acordo com o G1, a ONG Human Rights Watch (HRW) solicitou nesta quarta-feira (15), que o governo em Pequim, enfrente a prática, que é ilegal de acordo com a legislação chinesa. "Se as autoridades chinesas estão empenhadas em acabar com a discriminação e o abuso contra as pessoas LGBT, é hora de pôr fim a esta prática nas instalações médicas", disse Graeme Reid, diretor de direitos LGBT da HRW, em comunicado. Pelo menos 17 pessoas deram depoimento e descreveram terem sido retidas em instalações médicas, algumas em alas psiquiátricas, e passado por "consultas psiquiátricas, hipnoterapia, medicação, terapia de aversão e tratamento de eletrochoque".

Reuters 
Nov
16
2017
Destaque

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quarta-feira (15) que não tem intenção de ser candidato à Presidência da República. Em nota à imprensa, respondendo a um artigo do jornalista Elio Gaspari, Barroso destacou que sua atuação para colaborar com o Brasil se dá dentro de sua missão como professor e como ministro do Supremo. "Em definitivo, asseguro que não passa pela minha cabeça qualquer projeto eleitoral, circunstância que comprometeria a autoridade e a independência de minhas posições", ressaltou. "Nota à imprensa - ministro Luís Roberto Barroso. Li hoje o artigo de Elio Gaspari que, analisando o quadro político, menciona o meu nome como possível alternativa a candidato a Presidente da República. Gostaria de afirmar, de forma categórica, que eu vivo para pensar o Brasil e ajudar a aprimorar as instituições, mas sempre dentro da minha missão como professor e, circunstancialmente, como Ministro do STF. Em definitivo, asseguro que não passa pela minha cabeça qualquer projeto eleitoral, circunstância que comprometeria a autoridade e a independência de minhas posições".

 
EBC
Nov
16
2017
Destaque

O papa Francisco anunciou que leiloará a Lamborghini Huracán nas cores amarelo e branco, orçado em 200 mil euros, que ganhou nesta quarta-feira (15). O automóvel vale cerca de R$ 783 mil, aqui no Brasil é possível encontrar modelos a venda por cerca de R$ 1,7 milhão. O papa disse ainda que o valor arrecadado com o leilão será doado para projetos que ajudem cristãos a reconstruírem suas casas destruídas pelo Estado Islâmico na região de Nínive, no Iraque. Também receberão doações projetos que ajudam mulheres vítimas de tráfico humano e de prostituição forçada e dois grupos italianos que prestam serviços médicos na África Central. O pontífice benzeu o carro e assinou o capô, diante de diretores da marca presentes no Vaticano.

EBC 
Nov
16
2017
Política

Apesar de o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), dizer que o governo faria uma reforma ministerial “ampla” (veja aqui), o presidente correu para tranquilizar os aliados nesta quarta-feira (15), após o impacto negativo que o anúncio do senador teve na sua base no Congresso Nacional. De acordo com o blog de Valdo Cruz, do G1, Temer mandou avisar que não está nos planos trocar 17 ministros, como apontado por Jucá. Ainda segundo a publicação, Temer afirmou em conversas com aliados que apenas fará as “trocas necessárias” em sua equipe, entre elas as dos tucanos que vão desembarcar do governo. Um deles, Bruno Araújo, que comandava o Ministério das Cidades, já pediu demissão. Temer avaliou que uma reforma para retirar 17 ministros poderia prejudicar o governo na obtenção de votos no  Congresso, dificultando, por exemplo, a aprovação da reforma da Previdência. Conforme a coluna do jornalista Gerson Camarotti, o presidente já tinha recebido manifestações de insatisfação de alguns titulares de pasta, que disseram preferir deixar os cargos apenas perto de abril de 2018, prazo de desincompatibilização para quem concorrer às eleições.

G-1 
Nov
16
2017
Política

Uma reunião extraordinária foi convocada e marcada para o dia 22 de novembro pelo deputado federal Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara dos Deputados, para discutir o fim do foro privilegiado. O debate acontecerá na véspera da sessão em que o Supremo Tribunal Federal (STF) retomará a votação sobre o tema. De acordo com a coluna Painel, a CCJ foi chamada para tratar do assunto a partir das 9h, para que assim, a Câmara consiga fixar posição antes que o STF tome uma decisão. A proposta que está na Câmara e já foi aprovada pelo Senado acaba com o foro privilegiado para autoridades acusadas de crimes comuns, exceto chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

EBC 
Nov
16
2017
Política

O gestor regional da cidade de São Paulo, Paulo Cahim, foi demitido nesta quarta-feira (15), pelo prefeito da cidade João Doria (PSDB), por ter reclamado publicamente sobre a redução de verbas para o ano que vem. De acordo com a Folha de S. Paulo, o prefeito regional Paulo Cahim disse que a região da Casa Verde/Cachoeirinha poderia ser afetada por enchentes como consequência da não realização da limpeza de um piscinão. As declarações dele ocorreram no momento em que a gestão Doria gastou somente 21% do orçamento previsto para contenção de enchentes. Ainda de acordo com a Fola, nos últimos dez dias, três assessores foram demitidos por se envolverem em situações que de alguma forma gerariam polêmica para o gestão de Doria.

Folha de São Paulo
Nov
16
2017
Destaque

A produção total de petróleo e gás natural da Petrobras atingiu a marca de 2,77 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em outubro. Deste total, 2,67 milhões foram produzidos no Brasil e 104 mil no exterior. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (14) pela estatal, a produção média de petróleo no Brasil foi de 2,16 milhões de barris por dia (bpd). A produção de gás natural no país, excluído o volume liquefeito, foi de 80,3 milhões de metros cúbicos por dia, representando uma diminuição de 1,5% em relação a setembro. A redução deveu-se às paradas para manutenção das plataformas Cidade de Anchieta e Cidade de Caraguatatuba. Segundo a Agência Brasil, na camada pré-sal, a produção de petróleo e gás natural operada pela Petrobras foi de 1,63 milhão de barris óleo equivalente por dia, volume 2,9% abaixo do mês anterior. Esse resultado também deveu-se às paradas para manutenção das mesmas plataformas.

Agência Brasil 
Nov
16
2017
Delações

Ex-assessor do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Job Ribeiro Brandão decidiu firmar acordo de delação premiada. A informação é do site O Antagonista. Job teve as digitais encontradas no bunker com R$ 51 milhões, localizado um apartamento em Salvador, que pertenceria ao ex-ministro e irmão de Lúcio, Geddel Vieira Lima. Por causa dessa ligação com o caso, o ex-assessor chegou a ser preso e agora cumpre prisão domiciliar, decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. Em depoimento à Polícia Federal, Job contou que recebia dinheiro de Geddel até na casa da mãe dos Vieira Lima (leia aqui). Ele fazia a contagem das cédulas do bunker em local reservado no imóvel. Na terça (14), Fachin notificou a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) da Bahia para que aplicasse a tornozeleira eletrônica ao ex-assessor de Lúcio e também a um aliado do ex-ministro, Gustavo Ferraz (veja aqui). Ferraz, que é ex-diretor da Defesa Civil de Salvador, também havia sido preso por participação no caso do bunker e hoje cumpre prisão domiciliar.

O Antagonista 
Página 4/946 |< < 1 2 3 4 5 6 7 > >> >|
Visitantes
US 54.162.x.x
Unknown 176.9.x.x
Unknown 200.187.x.x
US Google spider
Usuários
Olá Visitante
IP: 54.162.166.214

Usuário
Senha